Professor de Paulínia ganha “Prêmio Educador Nota 10”

0

Cerimônia da premiação aconteceu no último dia 30 e elegeu o Educador do Ano e a categoria de voto popular #EsseProjetoÉ10

A Sala São Paulo recebeu no último dia 30 a cerimônia do Prêmio Educador Nota 10. Os 10 vencedores da 22ª edição maior e mais importante prêmio da Educação Básica brasileira foram escolhidos entre 4.876 projetos inscritos.

Os dez educadores tiveram seus projetos apresentados na premiação e puderam comentar brevemente o que o projeto representou para os docentes e para os estudantes. Dos dez vencedores, um deles é eleito o Educador do Ano, eleito pelos selecionadores do prêmio e outro pelo júri popular em uma votação intitulada #EsseProjetoÉ10.

Luiz Gustavo Bonatto Rufino, professor de Educação Física, no 3º ano do Fundamental, na Escola Municipal Odete Emídio de Souza, que fica no bairro do João Aranha, em Paulínia, foi um dos premiados ao descobrir, mediante uma pesquisa, que vários alunos tinham vergonha sobre seus corpos, o professor foi instigado a pensar como as crianças compreendem e se relacionam com seus próprios corpos.

Essa investigação com os alunos passou pelos eixos “eu”, “meu corpo” e “minha história” e teve o objetivo de ressignificar as visões sobre o corpo. Em seu discurso, o professor falou sobre a inclusão de todos os alunos, com e sem deficiência. “Hoje a gente tem a possibilidade de fazer diferente, tem a possibilidade de estar com alunos com e sem deficiência na escola para construir uma visão melhor de mundo e a partir disso poder chegar o mundo cada vez melhor. É isso que dá sentido à Educação: poder transformar e ao mesmo tempo ser transformado.”

Para ver todos os projetos premiados clique aqui

Confira abaixo o vídeo do projeto do professor Luiz Gustavo Bonatto Rufino