Homem incendeia casa da ex e mata 11 cães no interior de SP

0

Eram meus onze anjos”, lamenta a dona dos cães carbonizados em um incêndio a casa provocado pelo ex-namorado da vítima, no bairro Campininha, em São Roque (SP). O caso aconteceu na manhã de segunda-feira (29).

Segundo Carla Viviana Hirsch, de 30 anos, o fogo destruiu a residência com os animais no momento em que ela havia deixado o imóvel para registrar um boletim de ocorrência por ameaças contra o suspeito.

Carla, que acolhe animais de rua, acredita que o ex ficou escondido em um matagal no terreno antes de atear fogo na residência e acreditava que ela dormia no local.
“Ele foi em casa no domingo e disse para uma menina que trabalha comigo que ia matar nós duas. A minha sorte é que decidi ir na delegacia na segunda-feira e não estava lá quando perdi tudo”, disse.
Segundo a vítima, o casal estava separado há um mês e o rapaz não aceitava o término do relacionamento. “Não estávamos bem desde outubro e, no fim, acabou depois de eu ser agredida”, afirma.

O fogo destruiu a casa de madeira, os móveis e matou onze cachorros que estavam dentro do imóvel. O rapaz foi preso no mesmo bairro e confessou o crime à polícia. O caso foi registrado como incêndio criminoso e Fernando Silva Ferreira, de 29 anos, permenece à disposição da Justiça no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Capela do Alto.
Ao todo, 41 cães recolhidos da rua ficavam no imóvel, mas 30 deles estavam em um canil que fica do lado de fora da casa e, por isso, sobreviveram às chamas. Ela diz que eles serão colocados para adoção assim que a situação for nomalizada.

“Só fiquei com a roupa do corpo e minhas amigas ajudaram, várias pessoas me ajudaram e me emprestaram roupas.”