Log in
A+ A A-

Bicampeã brasileira de judô visita a Secretaria de Esportes

Quem vê uma menininha mirrada, séria e muito tímida não imagina que ela é uma fera no judô. Uma das principais revelações da modalidade no Brasil, a judoca Yasmim Eduarda de Oliveira é a mais nova campeã brasileira da Categoria Sub-13, título conquistado em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, em 24 de novembro. E tem um detalhe que mostra a força dessa garotinha que sempre morou em Paulínia, retornou para sua cidade, fez questão de fazer uma visita ao secretário de Esportes Caio Carneiro Campos, dar uma volta pela prefeitura e ainda passar pelas academias paulinenses que serviram de base para atingir o patamar que está hoje, ela tem apenas 11 anos. "Ela encerrou a temporada e decidiu aproveitar para dar um pulo nas academias, que foi onde começou sua trajetória com apenas sete anos", conta o orgulhoso pai André de Oliveira, maior incentivador da Yasmim.

"É uma atleta que já tem, ouça bem, já tem um belo futuro desenhado e para se concretizar só precisa do da nossa cidade. As empresas que não enxergarem isso, com certeza, irão levar um Ippon (golpe máximo do judô) em sua história", ressalta Caio. Esse futuro dito em alto e bom som pelo secretário dificilmente, mesmo, não será uma realidade. O prefeito Dixon Carvalho parabenizou a atleta por levar o nome da cidade. "Com essa idade e já conquistando tudo isso é um orgulho para Paulínia", reforça Dixon.

Ainda com apenas 11 anos, Yasmin repete o que conquistou quando tinha apenas nove. Se tornar bicampeã lutando contra atletas maiores e com mais idade. "Eu gosto muito de judô e não me preocupo com o tamanho de minhas adversárias", revela timidamente a judoca. Com certeza, são as rivais, mesmo, que precisam se preocupar com Yasmin.

Para conseguir o bicampeonato brasileiro, ser o Destaque do Ano de 2016 da modalidade no Estado de São Paulo e chegar onde está hoje, Yasmin precisou lutar muito. Ao se tornar campeã paulista Sub 11 com nove anos, foi contratada pelo Corinthians. Repetiu o sucesso no Sub 11 e venceu adversários como Palmeiras, Hebraica e São Paulo. Com esse sucesso todo, não demorou para receber convite para passar a treinar em Bastos, na Meca do Judô Brasileiro, com o sensei e renomado professor Uichiro Umakakeba. "Mesmo ainda muito nova, decidi apoiar minha filha para essa nova jornada no esporte que ela escolheu. Mesmo saindo do Corinthians, os professores disseram que a porta para ela continua aberta para quando quiser voltar", conta André.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.