Log in
A+ A A-

Patrícia Medrado, medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos, implanta Projeto "Tênis nas Escolas", em Paulínia

Um Festival que reuniu mais de 100 alunos de escolas do Ensino Fundamental encerrou nesta segunda-feira (30) a implantação do “Projeto Tênis nas Escolas" realizado por meio de uma parceria entre a SMEDU-Secretaria de Municipal de Educação e o Instituto Patrícia Medrado. Durante o mês de outubro a tenista, que dá nome ao instituto, esteve todas as segundas-feiras em Paulínia para ministrar as aulas e esclarecer toda metodologia do projeto para professores de educação física da rede municipal de ensino. A solenidade aconteceu no Ginásio de Esportes do Calegaris. 

 

De acordo com a Secretaria de Educação, o “Projeto Tênis nas Escolas" proporcionou formação continuada para os professores, além do fornecimento de um kit de materiais apropriados para as aulas que foi entregue a todas unidades escolares de ensino fundamental e médio da rede.  As aulas aconteceram na EMEf "Yolanda Tiziani Pazetti e contou com 17 professores de educação física, de 15 escolas da rede. Em 2018 mais de 8 mil alunos serão beneficiados por essa modalidade esportiva. O projeto contou com o patrocínio da empresa Air Liquide.

 

A professora Cristina Brites Belletti, da Escola Municipal Nelson Alves Aranha Neto, participou do projeto e ficou muito satisfeita: “O curso foi maravilhoso, nos trouxe muitas experiências para trabalharmos com os alunos nas quadras das escolas. A Patrícia Medrado e sua equipe estão de parabéns. Tivemos uma riqueza de trabalho para a nossa categoria, o trabalho com certeza será bem colocado nas nossas aulas com toda essa bagagem que tivemos nesse curso”, assinalou. A aluna Daniela Lis, do 4º ano D, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Sol Nascente falou de suas expectativas: “Estou adorando esse dia de aprendizagem sobre o tênis. É muito divertido, estou aprendendo bastante, errando e consertando meus erros. Vou continuar praticando nas aulas de educação física e me esforçar para conseguir jogar tênis”, comentou.

Professores qualificados

 

Patrícia Medrado foi uma atleta profissional que conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de 1975 do México. De acordo com ela, o projeto em Paulínia agora é autossustentável: “Os professores já se apropriaram da metodologia e podem dar continuidade de forma independente. Ensino o professor a fazer e ele leva para a sua aula. O papel dele começa aqui (disse referindo-se ao festival com os alunos) quando o curso termina. Isso é muito importante porque não depende mais de mim. A partir de agora irão levar para o dia a dia da escola onde poderão ministrar nas aulas de educação física”, explicou Patrícia que intenciona quebrar o paradigma de marcar o tênis como um esporte para as elites.

 

Em sua carreira, Patrícia ocupou a posição de número 1 do país por 11 anos consecutivos. No ranking mundial, suas melhores marcas foram a 48ª colocação em simples e o 9º lugar em duplas. Além da no Pan de 1975, ela é, até hoje, a jogadora com o maior número de participações e vitórias pelo Brasil na Fed Cup, representando o país durante 14 anos.

 

Projeto "Tênis nas Escolas"

 

 

Em 1996, fora do circuito profissional, trouxe para o Brasil o Programa "Tênis nas Escolas", criado pela Federação Internacional de Tênis (ITF), com o propósito de tornar o esporte acessível a todas as camadas sociais e implantou a modalidade em aproximadamente 100 escolas da rede pública de ensino da cidade de São Paulo. Com o sucesso do programa, Patrícia fundou dois anos depois a ONG Sociedade Para o Desenvolvimento do Tênis, que em 2007 se tornou o Instituto Patrícia Medrado. Desde então, a entidade utiliza o esporte aliado à educação como instrumento de transformação social, levando a prática do tênis a milhares de pessoas das mais diversas faixas etárias. Além do atendimento direto, o IPM também promove cursos de capacitação de professores para o ensino da modalidade.

Last modified onQuarta, 08 Novembro 2017 17:58
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.