Log in
A+ A A-

Coreia do Norte ameaça responder sanções com 'mar de fogo'

Coreia do Norte ameaçou neste domingo (6) responder com "um mar de fogo" às ações militares ou às sanções contra eles, após a adoção na véspera de novas medidas de pressão sobre Pyongyang por parte do Conselho de Segurança (CS) da ONU.

As ameaças foram feitas através de editorial no jornal oficial norte-coreano "Rodong Sinmun".

O artigo acusa os Estados Unidos e seus aliados de manter sua política "hostil" contra o país e de arriscar-se à "autodestruição", destacando a necessidade de que a Coreia do Norte conte com armas nucleares para se defender.

"O empenho do grupo de Trump em continuar neste atoleiro só terá como consequência motivar mais o nosso Exército, e dar mais razões à República Popular Democrática da Coreia (nome oficial do país) para possuir armas nucleares", destacou o jornal do Partido dos Trabalhadores.

"A capacidade de começar uma potente guerra dissuasória é uma escolha estratégica de defesa para nosso povo, que já atravessou um conflito bélico horrendo", acrescentou o editorial.

As sanções adotadas no sábado pelo CS elevam a pressão ao regime liderado por Kim Jong-un com vetos a vários setores da sua economia, e enviam uma mensagem de unidade contra a ameaça "global" que representa seus testes com mísseis.

Os 15 países do organismo adotaram por unanimidade uma resolução que há um mês era negociada e que reduz em US$ 1 bilhão por ano os investimentos que o regime de Pyongyang obtém com suas exportações.

 

Concretamente, o texto inclui o veto às exportações de carvão, de ferro, chumbo e mariscos.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.