Log in
A+ A A-

Ponte Preta perde para o Vitória por 3 a 1

A Ponte Preta não viu a cor da bola durante o primeiro tempo do jogo de quarta à noite, no Barradão, em Salvador. Como um rolo compressor, o Vitória só precisou do primeiro tempo para liquidar a partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O colômbiano Santiago Tréllez marcou dois e Neílton também deixou sua marca, em atuação sofrível da equipe campineira, que perdeu por 3 a 1, depois que Elton descontou a diferença na etapa final.

Surpreendentemente, o técnico Gilson Kleina abriu mão dos meias Leo Artur e Renato Cajá e colocou quatro volantes em campo. Sem um jogador para cadênciar ou fazer a ligação do meio com o ataque, a Macaca foi presa fácil do rubro-negro baiano.

O pesadelo começou logo no primeiro minuto. Neílton bateu escentaio da direita na medida para o cabeceio de Santiago Tréllez, que se antecipou aos marcadores. A bola acertou o travessão e Aranha se atrapalhou todo na tentativa em vão de evitar o primeiro gol: 1 a 0.

Em nova falha defensiva da Ponte, o Vitória ampliou aos 12'. Juninho cruzou da esquerda, Rodrigo tentou antecipar, mas escorregou no lance e a bola sobrou para Neílton. Livre de marcação, o camisa 10 só teve o trabalho de tocar no canto e fazer 2 a 0, sem chance de defesa.

Percebendo que errou na escolha do esquema, Kleina tirou o volante Jadson e colocou o meia Renato Cajá em campo aos 25'. O time passou a jogar no 4-2-1-3 e ganhou um pouco mais de consistência no meio.

Mesmo assim, o Vitória conseguiu ampliar a vantagem e nova falha de posicionamento defensivo. David arrancou pela esquerda, nas costas do marcador e fez passe para o meio até encontrar o Santiago Tréllez. Aos 35', o atacante bateu cruzado no canto e marcou 3 a 0.

A Ponte voltou animada para a etapa final e chegou a equlibrar as ações. Aos 3', Elton recebeu na intermediária de ataque e, mesmo distante, encheu o pé. Pegou o goleiro Caíque mal posicionado e fez 3 a 1. Um golaço do volante.

Mas, como o placar era muito dilatado, o Vitória se fechou bem na defesa e segurou as iniciativas da Ponte, que tentou e até criou algumas boas oportunidades.

 

Agora, a Ponte volta suas atenções para o confronto de domingo, às 19h, no Majestoso, diante do Vasco, quando poderá estrear seu novo uniforme. Com 21 pontos e um jogo a menos, o time campineiro caiu para a 13ª posição na tabela de classificação. O Vitória encerrou o jejum de cinco rodadas em vencer.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.