Paulínia retoma serviço de ressonância após dois meses

0

A Prefeitura de Paulínia confirmou nesta quinta-feira (25) que voltou a fazer o exame de ressonância magnética pelo SUS (Sistema Único de Saúde) na cidade. Desde fevereiro a rede pública não vazia esse tipo de exame, depois que o tomógrafo quebrou. Os pacientes que necessitavam fazer o exame tinham que ir até Campinas, Hortolândia e Sumaré.
Aproximadamente 400 pessoas estão na lista de espera para fazer os exames. A expectativa é que essa fila seja zerada em 45 dias.

Desde ontem (24) o Hospital Municipal de Paulínia voltou a contar com um novo tomógrafo. O aparelho serve para fazer fotografias internas de todas as estruturas do corpo humano, e o exame é essencial para identificar diversas doenças.

Para retomar o serviço, a prefeitura alugou um novo equipamento. Até a tarde de hoje 30 procedimentos já foram realizados, de acordo com a prefeitura. O novo tomógrafo vai realizar os procedimentos do pronto-socorro, oncologia, das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e das clínicas públicas.