CASO OURO VERDE – Comissão Processante inocenta Jonas

0

Relatório da Comissão Processante da Câmara de Campinas, que desde novembro investiga se houve omissão do prefeito Jonas Donizette (PSB) no Caso Ouro Verde, deliberou pela improcedência da denúncia. O relatório, que irá à votação do plenário em sessão extraordinária na quarta-feira, afirma não haver provas de que o prefeito sabia dos desvios de verbas públicas no convênio entre o hospital localizado naquele distrito e a Organização Social Vitale que vem sendo investigados pelo Ministério Público.

Para aprovar o relatório, elaborado pelo vereador Gilberto Vermelho (PSDB) são necessários votos de 2/3 dos 33 vereadores, independentemente do número de presentes. A decisão é tomada com voto aberto.