Prefeitura inicia projeto para reabertura de Parque Ecológico

0

Uma reunião realizada no gabinete do prefeito Du Cazellato, com a presença de secretários e do corpo técnico responsável da Secretaria de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente (SEDEMMA), serviu como primeiro passo para reabertura do Parque Ecológico Armando Muller.

O projeto foi elaborado por Wanessa Batista e Jeanette Miachir, respectivamente veterinária e bióloga do local que está fechado desde 2014 e irá ser transformado em Parque Natural.

De acordo com as profissionais as mudanças irão permitir mais ações de educação ambiental, compra de novos equipamentos, reforma e manutenção dos recintos, a reabertura do local e facilitar a captação de recursos perante a iniciativa privada, entre outras ações e espaços como a construção de um borboletário e um anfiteatro.

“As mudanças que serão feitas vão atender os desejos da população, permitir que o local volte a ser ponto turístico do município gerando renda e emprego, além de garantir aos animais uma vida digna”, ressaltou o prefeito Du Cazellato, que classificou a reunião como importante, ‘’pois o Parque faz parte da história de muitos paulinenses’’.

O trabalho de transformação do Parque Ecológico em Natural, será realizado pela Secretaria de Meio Ambiente com apoio das pastas de Obras e Serviços Públicos, Finanças e Negócios Jurídicos.

“Tudo está sendo feito com acompanhamento dos órgãos competentes incluindo IBAMA, Ministério Público e Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. O foco é reabrir o local com as devidas melhorias que necessitam para que crianças, jovens e adultos visitem o novo Parque”, comentou Jorge Israel, titular da SEDEMMA.

O projeto elaborado por Jeanette e Wanessa será entregue para a Secretaria de Obras e Serviços Públicos, para que a área inicie o levantamento topográfico, mapeie as nascentes e córregos e faça a atualização da planta baixa, visando iniciar o processo licitatório para contratação da empresa que fará o projeto. Em paralelo a isso a SEDEMMA atuará para atender as exigências legais perante aos órgãos competentes.