Servidores protestam contra parcelamento de salários em Campinas

0

Servidores municipais de Campinas fizeram um protesto contra o atraso nos salários e o parcelamento do 13º na manhã desta sexta-feira (4). O ato ocorreu em frente ao prédio onde mora o prefeito Jonas Donizette (PSB), na Chácara Primavera.

Os funcionários levaram faixas e cartazes e montaram uma mesa de café da manhã no local. De acordo com os organizadores do protesto, 15 pessoas estavam na manifestação.

No dia 19 de dezembro de 2018, a administração municipal anunciou o parcelamento dos salários de dezembro para os servidores da ativa e inativa.

Segundo o Executivo, o vale-alimentação de R$ 982,56 e o valor de R$ 2 mil seriam pagos até o dia 28 de dezembro. O restante até o dia 11 de janeiro.

A justificativa para o parcelamento é o pagamento de aposentadorias no final do ano. O valor total, segundo a Prefeitura, é de R$ 482 milhões. Em novembro, a Prefeitura já havia anunciado o atraso no 13º salário.De acordo com a administração, a primeira parcela seria paga no dia 14 de dezembro para 40% dos funcionários. A segunda parcela está prevista para 24 de janeiro.

A Guarda Municipal e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) acompanharam a movimentação. Procurada, a Prefeitura de Campinas ainda não se pronunciou.