Edilsinho pede agilidade na criação de novo acesso para região do João Aranha

0

O vereador Edilsinho (PSDB), durante a 8ª Sessão Ordinária de 2018, falou sobre a criação de um novo acesso que ligue o Centro a região do João Aranha, assunto cada vez mais comentado nas ruas e nas redes sociais.

Segundo o edil o problema levará tempo para ser resolvido. Edilsinho destacou que essa obra não será construída rapidamente, pois entre todas as fases necessárias, 30 meses deverão ser consumidos.

“Infelizmente em outras gestões inventaram histórias e até placa foi colocada dizendo que em tantos meses a ponte ficaria pronta. Hoje há apenas o projeto base dessa ponte. Vão precisar de fazer estudos, até para descobrir se a ponte caberá na terra que foi desapropriada”, comentou.

A transposição da Rodovia Professor Zeferino Vaz, passando pelo Viaduto Chamas do Progresso, criando um acesso no sentido Cosmópolis da SP-332 para o motorista entrar no bairro Cascata, também conhecido como Distrito Industrial, conforme divulgado pela Administração, depende da Concessionária Rota das Bandeiras – responsável pela gestão da via – para acontecer.

Essa informação Edilsinho obteve após reunião entre ele e outros vereadores com Valdir Terrazan e Beto Cavalaro, secretários de Obras e Governo, respectivamente. “A Prefeitura quer aproveitar que vão criar uma marginal e incluir a construção de viaduto que daria acesso ao João Aranha”, comentou o edil, que classificou a transposição como “especulação, pouco provável de acontecer”.

Edilsinho cobra ações para amenizar o problema

Edilsinho também informou que esteve na Secretaria de Transportes, buscando informações sobre o que será feito para amenizar o problema e teve como resposta que mudanças pontuais irão ocorrer visando diminuir o tempo que as pessoas levam para passar pelo trecho.

“Vamos seguir acompanhando este problema, pois a Prefeitura tem orçamento para fazer e entre tantas coisas que precisam ser feitas, essa requer urgência para não prejudicar ainda mais as pessoas”.