Equipe do jornal Aqui Paulínia sofre ameaças de assessores de Kiko e Tiguila (Veja o vídeo)

0

De acordo com o Jornal Aqui Paulínia, assessores dos vereadores Kiko Meschiati (PRB) e Tiguila Paes (PPS) ofenderam verbalmente e ameaçaram com agressões físicas o diretor do jornal Aqui Paulínia José Carlos Souza, 50 anos, seu filho Phelipe Cauê de Souza, 24 anos e Ricardo Pereira, 23 anos, que trabalham na logística do semanário. O ataque ocorreu na terça-feira (13) na entrada da Câmara, após a sessão em que foi aberta uma CP (Comissão Processante) para investigar suposta quebra de decoro contra os dois parlamentares.

José Carlos relatou os três estavam saindo e ele foi tomar água no bebedouro. Phelipe e Ricardo ficaram na porta esperando, quando pelo menos seis homens, alguns com cargos comissionados na Câmara, começaram a ofender verbalmente a equipe do jornal. “Foi lamentável o que aconteceu. A liberdade de imprensa é um dos pilares da democracia e é um direito garantido na Constituição Federal. Seguiremos o nosso trabalho, com honestidade e de forma destemida”, afirmou José Carlos.

Já Ricardo Pereira, que aparece no vídeo com a camisa do jornal, explicou que “foi pego de surpresa”. “Quando passamos um dos agressores disse que o pessoal do jornal estava passando. Então, foram atrás da gente e fizeram um monte de ameaças”, afirmou o jovem.

A GC (Guarda Civil) precisou intervir para que a equipe do Aqui Paulínia não fosse agredida, conforme aparece no vídeo. José Carlos disse ainda que estuda, com os advogados do jornal, quais medidas serão tomadas sobre as agressões.

Repúdio da Câmara

Em nota, a Câmara afirmou que “repudia a tentativa de agressão sofrida pela equipe do jornal Aqui Paulínia. A instituição ressalta que é a favor da liberdade de expressão e sempre será contrária a qualquer manifestação que impeça o cumprimento da função dos profissionais de imprensa”.

Mais informações

A Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas), um dos órgãos mais importantes do País em defesa do jornalismo e da liberdade de imprensa, será procurada para se manifestar sobre o assunto.

Os vereadores Kiko e Tiguila, também contatados para se manifestarem sobre os ataques, até a publicação da matéria não enviaram nenhum posicionamento. A dupla é investigada por ter afastado 13 vereadores supostamente de maneira ilegal.

Paulínia News

O Paulínia News se solidariza com os profissionais do Jornal Aqui Agora, e não aceita em hipótese alguma que a imprensa seja calada, quanto mais mais com ameaças e agressões verbais sofridas pela equipe do jornal que estava apenas exercendo seu trabalho com ética e profissionalismo.  Esperamos que autoridades tomem as devidas providencias pois esse tipo de atitude é inaceitável.

Para ver o vídeo acesse o facebook do Jornal Aqui Agora – Clique aqui