Log in
A+ A A-
Variedades

Variedades (672)

Rodízio de veículos em SP volta a ser aplicado a partir desta segunda-feira

Rodízio tinha sido suspenso em 22 de dezembro. Nesta segunda-feira não podem circular carros com finais 1 e 2 nos horários do rodízio (7h às 10h e 17h às 20h).

O rodízio de veículos de passeio em São Paulo voltará a ser aplicado nesta segunda-feira (15) após ter ficado suspenso desde 22 de dezembro. Nesta segunda-feira, carros com finais de placas 1 e 2 não poderão transitar dentro da área de rodízio nos horários determinados (7h às 10h e 17h às 20h).

No período de suspensão temporária do rodízio, seguiram valendo normalmente o rodízio de placas para veículos pesados (caminhões) e as demais restrições: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).

 

O rodízio restringe a circulação de veículos no Anel Viário da Cidade nos períodos da manhã, das 7h às 10h, e da tarde, das 17h às 20h. Nesses horários, dependendo da placa do carro e do dia da semana, veículos ficam impedidos de circular nos seguintes locais:

- Vias que delimitam o chamado Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D´Esccragnole Taunay

- Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias

- Viaduto Grande São Paulo

- Avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf

Multa

Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ R$ 130,16 e acréscimo de 4 (quatro) pontos na carteira de habilitação do motorista.

Mulher se joga de 2º andar de prédio para fugir de agressões de marido

Uma mulher de 23 anos corre o risco de ficar paraplégica depois de ter se jogado do 2º andar do prédio onde mora, em Manaus, para fugir das agressões do marido. O homem, de 27 anos, foi preso, mas foi liberado após pagar fiança.

O crime ocorreu na manhã de terça-feira (9), no apartamento onde o casal morava, na Avenida Comendador José Cruz, bairro Lago Azul, na Zona Norte de Manaus.

No relato para a polícia, a vítima informou que o marido brigava com ela por causa de ciúmes. Antes de se jogar da janela do apartamento, a jovem disse que estava sendo agredida. A delegada Débora Mafra, da Delegacia da Mulher, informou que o homem estava embriagado.

"Ele chegou em casa embriagado, acusando ela de traição, com muito ciúme, xingando, ofendendo ela, acabou fazendo ameaças e pegou a cabeça dela e bateu contra a parede, de forma que fez uma lesão no rosto dela", contou.

Após a agressão, o depoimento afirma que o homem seguiu para a cozinha, momento em que a vítima aproveitou para ir até a janela e se jogar. "Ela queria se matar para não morrer na mão dele. Ele ameaçou minutos antes, dizendo 'você não sabe o que eu vou fazer com você' e ela acabou se jogando", explicou Mafra.

Após cair, o homem ainda teria tentado arrastar a vítima para dentro do carro, mas foi impedido por moradores do condomínio.

A mulher foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no local e levada ao Pronto-Socorro Platão Araújo. Ela fraturou uma vértebra e os médicos dizem que há riscos de paraplegia.

Os moradores dizem estar com medo, pois o marido também fez ameaças aos vizinhos.

O homem foi preso pela polícia após o crime. Ele foi levado para a delegacia, mas foi solto após pagar fiança de R$ 2,5 mil. Ele pode responder na Justiça por lesão corporal e injúria.

"Ele iria para Audiência de Custódia, mas, como é um direito dele pagar fiança arbitrada pela autoridade policial, a família dele veio e pagou, liberando ele da audiência que já estava encaminhada", completou a delegada.

O agressor já foi preso em outra ocasião pelo mesmo crime. Em 2014, ele fez cortes nos braços e no pescoço de uma ex-companheira com uma faca de cozinha.

Motociclista na contramão bate de frente com carro o morre na hora (Assista o vídeo)

Motociclista morreu na hora; imagens mostram que ele estava na contramão e em alta velocidade. Testemunhas disseram que ele havia bebido em um restaurante da rodovia.

Um homem gravou imagens de um acidente pouco depois do meio-dia desta terça-feira (9) onde um motociclista voa sobre um carro na BR 020, no Distrito Federal, entre Formosa (GO) e Brasília. O motociclista morreu na hora.

O vídeo mostra que o motociclista seguia pela contramão, no sentido Brasília. Testemunhas disseram que ele havia bebido em um restaurante da rodovia durante o almoço. O homem que fez as imagens disse que percebeu a forma como a moto era pilotada, por isso gravou (vídeo abaixo).

No áudio é possível ouvir o homem falando:

"- O cara é muito doido. Eu tô indo numa via e ele tá seguindo na outra, gente. Um absurdo.

- É muita coragem e sorte, né?

- Eita ferro! Deus do céu, Deus do céu!"

A Polícia Rodoviária Federal chegou ao local pouco depois do acidente. Segundo o agente Petterson de Oliveira, a PRF foi alertada sobre o comportamento do motociclista, mas não conseguiu interceptá-lo a tempo de evitar o acidente.

Segundo a PRF, o motociclista tinha 50 anos. Cerca de cinco minutos antes do acidente os policiais haviam recebido denúncias de que ele acabara de sair embriagado de um restaurante no quilômetro 57 da BR 020 e estava seguindo para Brasília na contramão.

Motociclista é multado por não usar cinto de segurança - Pode isso Arnaldo

O vendedor Djalma Maciel Martins foi multado por um motivo para lá de inusitado: "deixar de usar o cinto de segurança". O problema é que ele possui e afirma que foi multado, há quase dois anos, por não usar o cinto de segurança. E tem mais; Apesar de ser morador de Jaraguá, na região central do estado, o motociclista conta que a infração foi registrada em Alto Paraíso de Goiás, onde ele diz nunca ter ido. “Não sei nem para que lado é Alto Paraíso de Goiás. Eu preciso de uma solução, porque eu necessito de estar andando em dias com o Estado, mas desta maneira não ter como”, desabafou. 

Djalma alega ainda que esta é a segunda vez que ele é multado indevidamente.

A suposta infração foi registrada no dia 14 de fevereiro de 2016, na GO-118. O último recurso protocolado por ele foi aberto no dia 20 de junho do ano passado, por meio de uma Correspondência Registrada (AR) na Agência Goiana de Transporte e Obras (Agetop), responsável pela fiscalização nas rodovias estaduais.

Apesar de, na consulta eletrônica, o caso constar como recebido e não avaliado, a Agetop informou à TV Anhanguera que a infração foi cancelada. No entanto, Djalma afirma que não tem nenhum documento confirmando este cancelamento.

Menino de 7 anos morre em praia de SC após explosão de rojão

Fogo de artifício caiu próximo à criança, que estava no colo do pai no mar. Bombeiros tentaram reanimação, sem sucesso.

Um menino de 7 anos morreu em uma praia de Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, na manhã deste domingo (7) após a explosão de um fogo de artifício. O rojão caiu próximo de onde a criança estava, no mar junto com o pai. O suspeito de ter soltado o foguete foi preso, de acordo com a Central de Polícia de São José, cidade vizinha.

O caso ocorreu por volta das 9h na Praia das Cordas. Segundo a polícia, o homem soltava rojões de vareta no local. O menino estava no colo do pai no mar. Depois que o foguete caiu próximo à criança, ela teve uma parada respiratória, conforme os bombeiros.

Em seguida, guarda-vidas civis tentaram a reanimação do menino. Cerca de 25 minutos depois, os bombeiros chegaram e continuaram a tentativa por mais meia hora, sem sucesso.

Perícia

Os bombeiros afirmaram que a criança não foi atingida pelo foguete. Não havia nenhum ferimento no corpo dela que indicasse isso. A perícia vai determinar a causa da morte. O pai do menino não ficou ferido. A família mora em Palhoça, na Grande Florianópolis.

Em relação ao suspeito, a Central de Polícia informou que ele tem 39 anos e já tinha antecedentes criminais, que não foram especificados. O homem disse aos policiais que soltou o rojão em direção ao mar.

A reportagem da NSC TV conversou por telefone com a mulher do suspeito que informou que ele foi solto no fim da tarde.

Cadela morre de susto após queima de fogos do Ano Novo

A virada do ano não foi de festa para a família de Nina que perdeu a vida durante a queima de fogos na passagem do ano, em São Paulo. Após a cadela falecer, a dona fez uma publicação no Facebook relatando o ocorrido. Ela firma que o animal morreu de susto.

Os artefatos explosivos teriam sido soltos pelos vizinhos, que alugaram a residência para passar o Réveillon. A publicação viralizou e conta com mais de 95 mil compartilhamentos. Neste mês, Nina faria 2 anos.

Entra em vigor obrigatoriedade de nota fiscal em encomendas enviadas pelos Correios

Medida vale para postagens de varejo nos Correios e nota deve ser afixada do lado externo; para produtos que não estão sujeitos a tributação, o remetente deverá preencher uma declaração de conteúdo.

Começou nesta segunda-feira (2) a exigência de apresentar nota fiscal nas encomendas sujeitas a tributação enviadas pelos Correios. Nenhuma encomenda será aceita nas agências sem que o documento esteja devidamente afixado externamente à embalagem.

Para produtos que não estão sujeitos a tributação, o remetente deverá preencher uma declaração de conteúdo, que também deverá ser fixada na parte externa da encomenda.

Segundo os Correios, a medida é para atender às exigências dos órgãos de fiscalização tributária em relação às legislações para a circulação de mercadorias no país, que determinam que o transporte de qualquer mercadoria sujeita a tributação deve ocorrer com a nota fiscal.

As empresas de e-commerce já adotam essa prática e não apenas com os Correios, pois todos os transportadores brasileiros são obrigados pela legislação a transportar apenas mercadorias que estejam acompanhadas de nota fiscal ou declaração de conteúdo.

A mudança é para as postagens de varejo nos Correios, nas quais, por orientação dos órgãos de fiscalização, os Correios também irão exigir que esteja afixada a nota fiscal, quando for o caso, ou a declaração de conteúdo, quando se tratar de remetente não contribuinte de ICMS.

MEIs

Os microempreendedores individuais (MEIs) devem seguir as novas regras. Todas as mercadorias enviadas através dos Correios e/ou transportadora para outros estados devem ser acompanhadas obrigatoriamente da nota fiscal, seja a venda para pessoas físicas ou jurídicas. As mercadorias enviadas sem a nota poderão ser apreendidas pela fiscalização tributária federal e/ou estadual.

Em caso de optar pela declaração de conteúdo, que é o transporte de bens entre não contribuintes de ICMS, o remetente declara, “sob as penas da lei, que o conteúdo da encomenda não constitui objeto de mercância”.

Pessoas físicas que vendem pela internet também devem mandar a mercadoria com nota fiscal ou declaração de conteúdo. Isso vale também para vendas de produtos usados.

Não vale para compras internacionais

A regra, segundo os Correios, é específica para a circulação de mercadorias em território nacional. As importações estão sob legislações específicas.

Nota fiscal x declaração de conteúdo

Segundo os Correios, a avaliação quanto à apresentação de nota fiscal ou declaração de conteúdo cabe exclusivamente ao remetente, em cumprimento às legislações tributárias. A declaração de conteúdo é exclusiva do “transporte de bens entre não contribuintes, em substituição à nota”.

Ao assinar a declaração de conteúdo, o remetente declara, “sob as penas da lei, que o conteúdo da encomenda não constitui objeto de mercância”.

A declaração de conteúdo não será preenchida pelo atendente da agência - ela é de responsabilidade exclusiva do remetente.

A nota fiscal ou a declaração de conteúdo devem ser afixadas na parte externa da embalagem da encomenda. Os Correios recomendam a utilização de envelope plástico transparente para o acondicionamento do documento.

No documento fiscal ou na declaração de conteúdo deve constar o valor do produto, mas ele não precisa ficar visível durante o transporte.

O remetente não pode deixar a nota fiscal dentro da encomenda e mencionar isso na parte externa da embalagem. O documento deve ser afixado externamente à embalagem, exceto para casos que tenham autorização expressa da Sefaz.

Se o pedido for enviado de forma fracionada, em várias caixas, as notas fiscais deverão ser emitidas individualmente e acompanhar cada volume.

Brasileira morre durante voo entre Recife e Paris

Paraibana morreu por causas naturais e corpo continua na França.

Uma brasileira morreu em um voo da Air France que saiu de Recife com destino a Paris, na França, segundo informou o Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, nesta terça-feira (26). O Itamaraty disse que o consulado do Brasil na França entrou em contato no dia 8 de dezembro informando a morte que, segundo a polícia do aeroporto Charles de Gaulle, foi por causas naturais.

Flávia Luiza da Silva, de 38 anos, era paraibana e morreu durante um voo para a França, mas o destino final dela era a Itália. O corpo foi recolhido pelo Instituto de Medicina Legal de Paris no início deste mês, segundo o Itamaraty.

“Como procedimento padrão, nós informamos à Polícia Federal na Paraíba para encontrar algum familiar dela, mas até hoje (26 de dezembro) não fomos informados se a polícia encontrou ou não”, informou o Itamaraty.

O órgão ainda disse que, como nenhum familiar dela foi encontrado viajando com ela, nem encontraram alguma forma de entrar em contato com a família, o corpo continua retido na França.

A orientação do Itamaraty é que algum familiar da paraibana entre em contato com a Polícia Federal para que os trâmites legais sejam continuados. 

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) disse que mais detalhes sobre o caso e o voo seriam encontrados com a própria companhia aérea. A assessoria de imprensa da Air France disse que vai apurar mais informações sobre o caso e repassar.

Mega-Sena, ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 48 milhões (Confira os números)

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.998 da Mega-Sena, realizado na noite desta terça-feira (19) em Porto União (SC). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 08 - 21 - 24 - 25 - 52 - 57.

A quina teve 61 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 36.388,03. Outras 4.810 apostas faturaram a quadra; cada uma levará R$ 659,24.

O próximo sorteio, relativo ao concurso 1.999, ocorrerá na próxima quinta-feira (21). O prêmio é estimado em R$ 48 milhões. Será o último do ano antes da Mega da Virada, em 31 de dezembro.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Papai Noel é alvo de pedradas de crianças ao ficar sem balas em Itatiba

Segundo um dos ajudantes do 'bom velhinho', não foi o primeiro ataque no bairro Porto Seguro, o que fez com que as visitas fossem suspensas nos últimos quatro anos.

Um Papai Noel voluntário de Itatiba (SP) levou um susto enquanto desfilava de trenó pelas ruas do bairro Porto Seguro, no domingo (10), ao distribuir doces para os moradores.

A apresentação foi comprometida quando as crianças descobriram que as balas haviam acabado e começaram a atirar pedras na equipe do "bom velhinho".

Ninguém ficou ferido, mas um dos membros do grupo quase foi atingido na cabeça enquanto estava de costas para os agressores.

"Eu acho uma sacanagem, porque a gente vai raras vezes para os bairros e quer ver o pessoal se divertir, é muito chato", explica o rapaz, que preferiu não se identificar.

De acordo com o rapaz, o grupo era formado por cerca de sete crianças e adolescentes, com idade entre 9 e 12 anos. "Eles estavam correndo atrás do trenó e jogando as balas de volta. Eles chamavam a gente de filho da p* e mandando ir tomar no c*", relata.

O rapaz conta que esta não foi a primeira vez que a equipe é atacada no bairro Porto Seguro, o que fez com que as visitas fossem suspensas no local nos últimos quatro anos.

Além do rapaz e do Papai Noel, outros três voluntários estavam presentes na apresentação de domingo. Diante do ocorrido, o grupo decidiu carregar o caminhão com mais balas e ir para a Praça da Bandeira.

Em nota, a Prefeitura de Itatiba esclareceu que não foi oficialmente notificada sobre a situação e explicou que a cidade possui uma forte tradição de Papais Noéis voluntários, que percorrem os bairros de forma independente, sem vínculo com a administração.

Doação de balas

A equipe do bom velhinho tem outras apresentações agendadas para o mês de dezembro e, para evitar novos problemas, está pedindo para os moradores ajudarem com a doação de balas.

Quem quiser colaborar, basta levar pelo menos dois quilos de balas até a rua Benjamin Constant, 225, no Centro de Itatiba.

Subscribe to this RSS feed
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.