Log in
Notícias Bizarras

Notícias Bizarras (542)

Cidade tem eleição para prefeito decidida no cara ou coroa nos EUA

Um cara ou coroa decidiu uma eleição para prefeito em uma pequena cidade do estado americano de Illinois.

Tammy O'Daniell-Howell foi escolhida como nova prefeita da cidade de Colp, na última quinta-feira (20), após o lance de moeda.

Bryan Riekena, o candidato derrotado, deixou Tammy escolher cara ou coroa. Ela escolheu cara e venceu.

Os dois candidatos tiveram 11 votos na eleição, realizada em 4 de abril. A cidade, que fica a 193 km de St. Louis, capital de Missouri, tem 250 habitantes.

 

 

A lei de Illinois prevê que empates sejam decididos no cara ou coroa.

Casal fazendo sexo barulhento interrompe jogo profissional de tênis nos EUA

Um jogo profissional de tênis foi interrompido temporariamente por um casal que fazia barulho demais durante uma relação sexual na Flórida.

O caso ocorreu no torneio Sarasota Open, do circuito da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), durante o jogo de Frances Tiafoe contra Mitchell Krueger, na noite de terça-feira (18).

Tiafoe se preparava para sacar quando foi interrompido por um gemido. Ele parou e deu uma risada.

Mike Cation, que transmitia o jogo, inicialmente disse que alguém estava assistindo um vídeo adulto nas arquibancadas, mas depois ele se corrigiu dizendo que o barulho vinha de um prédio de apartamentos próximo à quadra.

 

Tenistas e público acabaram rindo da situação. Krueger mandou uma bola na direção do barulho, e Tiafoe brincou: "Não pode estar tão bom!"

Policial multa a si próprio nos EUA por exceder limite de velocidade

O chefe de polícia de uma pequena cidade dos EUA multou a si próprio após ultrapassar o limite de velocidade. Ele foi flagrado em um vídeo e alvo da reclamação de um cidadão.

Justin Burch, chefe de polícia de Sperry, no estado de Oklahoma, postou um pedido de desculpas no sábado, afirmando que errou ao dirigir a mais de 120 km/h.

 

Burch disse que tinha um motivo para estar com pressa, mas admitiu que mereceu a multa. Ele disse que se multou em US$ 300 (cerca de R$ 925) e que vai pagar a multa integralmente.

'Chuva de estrume' atinge pai e filha em conversível estacionado na Alemanha

Pai e filha que estavam em um carro conversível estacionado foram alvo de uma "chuva" de estrume no último sábado (8) na cidade alemã de Altomuenster.

Um caminhão que levava um tonel de estrume líquido fez uma curva no local e, como o fazendeiro não havia fechado apropriadamente o topo do tonel, o estrume vazou e espirrou no carro estacionado.

O motorista do conversível Renault, de 52 anos, e sua filha, de 14, estavam dentro do veículo e foram atingidos. Eles ficaram cobertos pelo estrume "da cabeça aos pés", disse a polícia.

 

O carro sofreu perda total, mas os dois não se feriram, segundo a polícia.

Povos pré-históricos “comiam uns aos outros por escolha, não por sobrevivência”

Um cientista estava tentando descobrir quantas calorias há em diferentes partes do corpo humano quando chegou a uma conclusão arrepiante sobre o canibalismo entre seres humanos.

O Dr. James Cole, da Universidade de Brighton, disse que, em relação a outras carnes, como a de mamute e veado, a carne humana fornece uma quantidade insignificante de nutrição.

Um humano de 65 quilos tem aproximadamente 32.000 calorias em seu tecido muscular em comparação com 163.000 calorias no tecido muscular de um cervo e mais ou menos 3,6 milhões de calorias no tecido muscular de um mamute.

A conclusão é que os povos pré-históricos não comiam uns aos outros por uma necessidade de sobrevivência, mas sim por escolha – possivelmente em algum tipo de ritual.

O Dr. Cole disse: “Entre os humanos modernos, o canibalismo tem sido associado a qualquer combinação dos seguintes fatores: sobrevivência, psicopatia, agressividade, ritualismo, espiritualidade, qualidades medicinais ou gastronômicas”.

“Sabemos que os seres humanos modernos têm uma variedade de motivações para o canibalismo, que vão da sobrevivência, e agressividade até questões gastronômicas e rituais”.

“Por que então uma espécie como os Neandertais, que tinham atitudes parecidas quanto ao enterro e tratamento dos seus mortos, não teriam motivos igualmente complexos para o canibalismo?” Um cientista estava tentando descobrir quantas calorias há em diferentes partes do corpo humano quando chegou a uma conclusão arrepiante sobre o canibalismo entre seres humanos.

O Dr. James Cole, da Universidade de Brighton, disse que, em relação a outras carnes, como a de mamute e veado, a carne humana fornece uma quantidade insignificante de nutrição.

Um humano de 65 quilos tem aproximadamente 32.000 calorias em seu tecido muscular em comparação com 163.000 calorias no tecido muscular de um cervo e mais ou menos 3,6 milhões de calorias no tecido muscular de um mamute.

A conclusão é que os povos pré-históricos não comiam uns aos outros por uma necessidade de sobrevivência, mas sim por escolha – possivelmente em algum tipo de ritual.

O Dr. Cole disse: “Entre os humanos modernos, o canibalismo tem sido associado a qualquer combinação dos seguintes fatores: sobrevivência, psicopatia, agressividade, ritualismo, espiritualidade, qualidades medicinais ou gastronômicas”.

“Sabemos que os seres humanos modernos têm uma variedade de motivações para o canibalismo, que vão da sobrevivência, e agressividade até questões gastronômicas e rituais”.

 

“Por que então uma espécie como os Neandertais, que tinham atitudes parecidas quanto ao enterro e tratamento dos seus mortos, não teriam motivos igualmente complexos para o canibalismo?”

Gerente do Itaú é demitido após postar vídeo com noivo

Um gerente de uma agência do Itaú Unibanco da cidade de São Paulo foi demitido poucos dias após postar no Facebook um vídeo no qual é pedido em casamento pelo noivo. A denúncia de homofobia foi levada ao Sindicato dos Bancários do Estado de São Paulo, que entrou com denúncia contra o banco. O funcionário batia todas as metas e ganhou, em um ano e meio de trabalho, dez prêmios por desempenho. Ele afirma que sua gestora justificou o desligamento por motivo de 'postura'.

"A demissão foi chocante. Ganhei prêmios em praticamente todos os meses em que trabalhei após o período de treinamento. Foi muito decepcionante porque eu gostava da empresa e batia todas as minhas metas", declarou ao E+ o ex-funcionário, que pediu para não ter a identidade revelada por receio de ter dificuldades em conseguir um novo emprego na área.

O ex-gerente é formado em administração, tem pós-graduação em gestão e trabalhava no Núcleo de Relacionamentos de Gerentes do Itaú Unibanco. Ele afirma que há meses recebia intimações de sua gestora para "melhorar a postura" - entre as orientações, usar ternos, calças e camisas "menos justos".

'Puxão de orelha'

O funcionário alega que levou pelo menos dois "puxões de orelha" por conta de sua postura no recebimento de dois grandes prêmios por bom desempenho.

No primeiro, ele teria sido recomendado, de forma sutil, a controlar os trejeitos. "Dentre mais de 300 gerentes, ganhei dois troféus no mesmo dia. Quando anunciaram meu nome, eu subi ao pódio do meu jeito extrovertido, como sou. Depois, o superintendente falou para minha gestora que eu deveria me soltar menos, ter menos entusiasmo e mais postura para pegar o prêmio", afirmou. A orientação seria refeita outra vez, em outro prêmio de destaque recebido meses depois.

O bancário explica que, à época, não levou o caso para o sindicato por medo de perder o emprego. Contudo, diz que passou a conviver com comentários da chefia acerca de suas roupas. "O preconceito, hoje, é mais silencioso, não é escrachado. De forma bem discreta, eles diziam: 'seja mais homem. A 'postura' que eles falavam era sobre eu ser gay. Minha gestora falava muito sobre a 'imagem do banco'", afirmou.

Demissão

O desligamento ocorreu no dia 10 de março, pouco dias após o funcionário retornar de uma viagem de férias em Florianópolis. No litoral, ele foi pedido em casamento pelo namorado - e o vídeo do pedido foi compartilhado com os amigos no Facebook. Ao voltar à agência, a surpresa: uma semana depois o bancário foi demitido. "Qual é a coerência disso? O banco espera resultados, e eu alcançava meus objetivos, então a que se deve minha demissão?", questiona.

O ex-gerente hoje move uma ação trabalhista contra o Itaú Unibanco por danos morais e discriminação. "É muito desagradável. Estudei, fiz faculdade e me esforcei no emprego. Eu não queria estar em casa de manhã dando entrevista, queria estar trabalhando para sustentar minha família", observa.

Em nota, o Sindicato dos Bancários do Estado de São Paulo afirma que tem um histórico de combater qualquer tipo de discriminação e que esse é um tema que infelizmente gera casos, mas que "eles são devidamente tratados para que não se repitam". A nota segue: "Esperamos que essa denúncia seja um exemplo do que não deve ser feito porque a sociedade não vai mais admitir um comportamento preconceituoso".

Itaú

Após ser contatado pelo E+, o Itaú Unibanco enviou uma nota na qual declara que a demissão do gerente não foi por discriminação e que repudia situações de homofobia, dentro ou fora da instituição.

O banco afirma que não foi procurado pelo jornal do Sindicato, onde a denúncia foi divulgada, mas que enviou "comunicado esclarecendo os reais motivos do desligamento, que nada têm a ver com a situação citada".

A nota diz que a instituição entende a pluralidade como algo fundamental, visto que os clientes são diversos, portanto os colaboradores também precisam ser. "Possuímos o Ombudsman, um canal voltado aos colaboradores que tem como função escutar, registrar e avaliar questões relacionadas ao ambiente de trabalho, com total sigilo entre os envolvidos", diz o texto.

 

O E+ procurou novamente o banco para saber qual seria o real motivo da demissão, mas a assessoria de imprensa respondeu que não poderia esclarecer a questão "por motivos de confidencialidade".

Site europeu oferece como acompanhantes bonecas sexuais hiper-realistas

A empresa europeia "Lumi Dolls" inovou ao oferecer o serviço de acompanhantes com bonecas sexuais hiper-realistas. Em seu site, a empresa traz bonecas com aparências europeias e asiáticas.

De acordo com o site, o serviço por 40 minutos custa 100 euros (R$ 334), passando para 120 euros (R$ 400) por uma hora e 200 euros (R$ 668) por duas horas.

Bordel

A "Lumi Dolls" é a mesma empresa que havia aberto em fevereiro o primeiro bordel com bonecas sexuais em Barcelona.

No entanto o bordel encerrou suas atividades em março e anunciou em seu site que reabrirá em breve em outro local cujo endereço não foi revelado.

Em fevereiro, a polícia realizou uma operação rotineira no local onde funcionaria o estabelecimento, mas encontrou o imóvel completamente vazio.

 

O bordel oferecia preços promocionais de abertura de 80 euros por uma hora (R$ 267), 100 euros por uma hora e meia e 120 euros por duas horas.

Alfândega australiana acha pítons, tarântulas e escorpiões em 'caixas de sapatos'

A alfândega australiana encontrou no mês passado cobras píton, aranhas exóticas e escorpiões ao abrir duas caixas onde supostamente deveria haver sapatos.

A descoberta foi registrada em Melbourne em um carregamento enviado por correio postal a partir de um país do norte da Europa, anunciou em um comunicado a alfândega australiana.

No carregamento, os funcionários encontraram seis cobras originárias da Ásia do Sudeste, três pítons, nove tarântulas provenientes da América Latina e escorpiões da Ásia.

Em um comunicado, a alfândega destacou que é um caso grave devido ao risco representado por estes animais não originários da Austrália para a biodiversidade do continente.

As autoridades abriram uma investigação para apurar como os animais vivos foram enviados pelo correio.

 

As autoridades abriram uma investigação para apurar como os animais vivos foram enviados pelo correio 

Engenheiro chinês se casa com mulher-robô construída por ele mesmo

Zheng Jiajia, um engenheiro chinês especialista em inteligência artificial, se casou com uma mulher-robô construída por ele mesmo, em cerimônia que teve a participação de sua mãe, amigos e companheiros de universidade, informa o site "Sina.com". Assista ao vídeo.

O casamento não tem valor legal, já que as núpcias entre humanos e androides por enquanto não estão contempladas na legislação chinesa.

O casamento contou com uma cerimônia pomposa, com banquete, presentes e o véu vermelho sobre o rosto da namorada típico das bodas tradicionais desta cultura oriental.

A namorada, criada por Zheng em 2016, se chama Yingying. Segundo Zheng, de 31 anos, eles começaram uma relação há dois meses.

Zheng, que não tinha namorada há anos, optou por fabricar sua própria esposa depois que sua família e amigos estavam há tempo o pressionando para que se casasse.

Yingying é capaz de falar mediante uma conexão a um computador com textos e arquivos de áudio armazenados, também pode reconhecer fotografias e objetos, mas ainda não está programada para caminhar, embora seu marido afirme que está trabalhando nisso.

 

O jovem Zheng, que trabalhou anos na multinacional tecnológica Huawei, mas em 2014 abriu sua própria companhia, afirmou que pensa em viver com Yingying até que a morte -ou os problemas de bateria- os separem.

Enfermeiras são demitidas após dançarem em sala com paciente desacordada e nua

Cinco enfermeiras colombianas foram demitidas após serem filmadas dançando em uma sala de cirurgia que tinha uma paciente anestesiada e nua. Na imagem, as funcionárias parecem se divertir enquanto preparam a mulher para a cirurgia. V

O caso ocorreu na clínica Santa Cruz, no bairro de Bocagrande, em Cartagena.

“O respeito pela dignidade de cada um dos pacientes é primordial para a nossa instituição. Assim, rechaçamos e lamentamos profundamente o comportamento inadequado de pessoas que exercem profissões na área da saúde”, comunicou a unidade.

 

No vídeo, é possível ouvir a música, que estava em alto volume.

Subscribe to this RSS feed
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.