Log in

Após derrota, técnico do Barbarense é preso por falta de pensão

O técnico da União Barbarense, Claúdio Britto, foi preso no fim da tarde de sábado (18), por falta de pagamento de pensão alimentícia, ainda no Estádio Antônio Guimarães, em Santa Bárbara d’Oeste, logo após seu time ser derrotado pelo Mogi Mirim. O treinador foi levado à delegacia acompanhado por funcionários do clube.

Segundo a Polícia Militar (PM), o valor da dívida seria de aproximadamente R$ 9 mil. Já o valor da fiança não foi divulgado.

A ação contou com a participação de seis viaturas da Polícia Militar (PM), mas o treinador foi encaminhado para Plantão Policial de Santa Bárbara. O filho dele tem hoje 16 anos.

Como o pagamento da pensão é feito via depósito na Caixa Econômica e o banco só abre nesta segunda-feira, Britto deve passar o fim de semana na cadeia da delegacia de Santa Bárbara. Na manhã deste domingo, ele ainda continuava preso na cadeia pública de Santa Bárbara d’Oeste.

 

Volante nos tempos de jogador, Britto encerrou a carreira em 2014, na própria União Barbarense, clube pelo qual teve passagem marcante no começo da década. Em janeiro deste ano ele virou auxiliar técnico de Edson Leivinha, que foi demitido após três rodadas da Série A2. Britto, na sequência, foi efetivado como treinador do time. A reportagem tentou contato com o clube, mas não encontrou nenhum responsável para comentar sobre o caso.

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.