Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 42
Log in
A+ A A-

Ponte Preta perde para o Cuiabá nos pênaltis

  • Written by 
  • Published in Esportes

 

 

 

Apresentando um futebol muito abaixo da média, a Ponte Preta perdeu nos pênaltis por 5 a 4, para o Cuiabá, na noite desta quinta-feira (2), no Estádio Moisés Lucarelli, e foi eliminada da Copa do Brasil, em sua segunda fase. O time começou bem, chegou a abrir vantagem no placar com um belo gol de falta de Lucca, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo com Cleberson e, no segundo tempo, se perdeu em campo.

Nas cobranças de pênalti, Potkker, Lucca, Ravanelli e Ramon marcaram, mas Matheus Jessus errou, chutando fraco para a defesa de Henal. Pelo Cuiabá, Dakson, Douglas Mendes, Robinho, Richard e Udson marcaram e garantiram a passagem inédita para a terceira fase. O Cuiabá agora jogará com o Goiás em duas partidas, nos dias 8 e 15, com a partida de ida em Goiânia e a volta em Cuiabá.

A Macaca começou o jogo como o técnico Felipe Moreira queria: em alta velocidade. E foi assim que pressionou o Cuiabá em seu campo de defesa, que se fechou esperando algum espaço para usar o contragolpe.

Na primeira descida ao ataque, aos 6', Lins tocou para Pottker, que teve espaço para finalizar e arriscou chute cruzado que Henal fez boa defesa. O Cuiabá não saía de seu campo e acabou tomando o gol, aos 19', depois que Nino Paraíba foi derrubado na entrada da área.

O meia Lucca bateu a falta com absoluta precisão no ângulo do goleiro Henal, que nada podia fazer. Um golaço para colocar a Macaca na frente: 1 a 0. Aos 35', quase saiu o segundo gol depois que Pottker arrancou pela direita e cruzou na medida para Lucca. Apesar de estar bem posicionado, o camisa 10 cabeceou para fora.

Na sequência, em sua única oportunidade criada no primeiro tempo, o time visitante empatou. Udson jogou da intermediária para dentro da área, Robinho ajeitou para trás e a bola sobrou limpa para Cleberson chutar forte no canto de Aranha para marcar 1 a 1, aos 39'.

Sem Fernando Bob, que ficou no vestiário por causa de uma contusão muscular, a Macaca voltou com Jadson no meio-campo. Aos 9', Pottker recebeu de Emerson, saiu da marcação e bateu cruzado. Henal só acompanhou o perigo.

O Cuiabá abriu mão de atacar e passou a segurar o jogo de todas as maneiras. A Ponte, por sua vez, perdeu muito com a saída de Fernando Bob e deixou de pressionar o adversário porque não conseguia romper a forte marcação.

Aos poucos, o rival foi ganhando espaço em campo. O jogo ficou tenso porque o risco de contra-ataque era iminente e a Ponte só tentava chegar ao ataque em bolas longas, que eram facilmente devolvidas pela zaga.

Numa falha de Jadson, Juba foi acionado na esquerda e bateu de primeira. Aranha fez uma grande defesa, aos 37'. No minuto seguinte, Juba pegou outro chute à queima-roupa, que Aranha defendeu novamente.

 

Aos 43', Alex Sandro tomou a bola de Jadson no meio, arrancou sozinho e, no momento do chute, jogou uma chance de ouro para fora. Ele estava de frente para Aranha. Aos 44', Aranha salvou de novo no chute de Jeffinho. O Cuiabá poderia ter vencido no tempo normal.

Media

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.