Log in
A+ A A-
Esportes

Esportes (752)

Itália é eliminada pela Suécia e fica fora da Copa do Mundo de 2018

A Itália não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo pela primeira vez em 60 anos depois de empatar por 0 x 0 com a Suécia, que garantiu nesta segunda-feira uma vaga na Rússia por ter vencido em casa por 1 x 0.

A Suécia sobreviveu a uma série de ataques da seleção italiana no jogo de volta da repescagem europeia, em uma noite de tensão e drama em um estádio San Siro descrente.

A tetracampeã Itália, que não ficava fora de uma Copa do Mundo desde o torneio de 1958 na Suécia, deixou os visitantes em seu próprio campo durante a maior parte do jogo e criou várias chances, mas não conseguiu superar Robin Olsen para marcar seu gol.

Os anfitriões, que tiveram 75% de posse de bola, fizeram disparos para fora, outros pararam em Olsen e também reclamaram de um pênalti ao pressionarem desesperadamente por um gol.

"Não tínhamos mais armas. Tivemos que aguardar e esperar que pudéssemos aguentar", disse o técnico da Suécia, Jan Andersson. "Nós não poderíamos fazer de outra forma, eles têm muita qualidade."

O mais próximo que a Itália chegou de marcar foi numa tentativa de Ciro Immobile que foi parcialmente defendida por Olsen e posteriormente afastasa por Victor Lindelof.

Os jogadores italianos desabaram no campo em desespero no apito final e até mesmo veteranos como Giorgio Chiellini estavam inconsoláveis. O apoio da torcida durante o jogo rapidamente se transformou em hostilidade, e vaias foram ouvidas pelo estádio.

Assista; Palmeiras empata em casa e só consegue tirar um ponto da vantagem corintiana

A 31ª rodada da série A do Campeonato Brasileiro terminou nesta segunda-feira (30) com o jogo Palmeiras 2 x 2 Cruzeiro. Com esse resultado, o Palmeiras diminuiu de seis para cinco pontos a diferença para o líder Corinthians, que será seu adversário no próximo domingo. O jogo é na casa do adversário, na Arena Corinthians.

O primeiro tempo terminou 1x1, gols de Juninho (contra) para o Cruzeiro, aos 6min, e Borja para o Palmeiras, aos 34 min. Na segunda etapa, Robinho marcou para o time mineiro aos 19 min e Borja empatou novamente aos 40 min.

A próxima rodada (32ª) terá quatro jogos no sábado (4): Santos x Atlético MG; Botafogo x Fluminense; Atlético GO x São Paulo; Coritiba x Avaí. No domingo (5) jogam Chapecoense x Sport; Corinthians x Palmeiras; Grêmio x Flamengo; Cruzeiro x Atlético PR; Bahia x Ponte Preta e Vasco x Vitória.

Classificação: 1º, Corinthians (59); 2º, Palmeiras (54); 3º, Santos (53); 4º, Grêmio (51); 5º, Cruzeiro, (48) 6º, Botafogo (48); 7º, Flamengo (47); 8º, Vasco (44); 9º Atlético PR (42); 10º, Atlético MG (42); 11º, São Paulo (40); 12º, Chapecoense (39); 13º, Bahia (39); 14º, Fluminense (39); 15º, Sport (35); 16º, Coritiba (35); 17º, Ponte Preta (35); 18º, Avaí (35); 19º, Vitória (34); 20º, Atlético GO (27).

Ponte enfrenta Palmeiras nessa quinta (19), e Lucca quer resgatar confiança da torcida; Paulínia News transmite a partida

A Ponte Preta tem mais um importante desafio na noite dessa quinta-feira (19). A Macaca enfrenta o Palmeiras, às 20 horas, no Pacaembu, em mais um jogo válido pelo Campeonato Brasileiro Série A. Lucca, artilheiro da equipe no Brasileirão com dez gols, sabe que não só o momento do time é difícil, como também o que vive, após alguns jogos sem marcar. Porém, o jogador mostra confiança em retomar a boa fase e o apoio do torcedor pontepretano.

“Todo jogo eu penso em fazer gol. Estou lutando muito, correndo, chego ao final do jogo extenuado, cansado, pelo fato de tentar o tempo inteiro. Temos que respeitar, mas eu nunca entrei em campo sem pensar em fazer gol. Mas, a vitória é ainda mais importante para nós, independentemente de quem faça o gol. Estamos em uma fase difícil e precisamos pontuar”, diz Lucca, que acrescenta.  

“Desde o dia que cheguei aqui eu sabia que haveria pressão. A Ponte Preta tem uma torcida que cobra mesmo, ainda mais eu vindo de um rival. O torcedor tem toda razão em cobrar. Tenho 27 anos, já vivi muita coisa no futebol, é claro que eu e minha família estamos chateados, mas tenho que dar a volta por cima. Vou tentar recuperar a confiança da torcida marcando gols”, reforça.

O jogador explica qual deve ser a estratégia para conseguir criar ações ofensivas ao longo da partida. “Temos que ter coragem, personalidade, confiar no companheiro, porque sabemos que o Palmeiras vai nos pressionar e temos que criar jogadas individuais, porque a marcação deles é muito adiantada”, avalia.

Para essa partida, o técnico Eduardo Baptista não poderá contar com o zagueiro Luan Peres e o volante Fernando Bob, ambos suspensos. Quem retorna de suspensão é o volante Élton, que cumpriu punição na rodada passada. Além deles, o treinador conta com outros reforços. “É fundamental ter todo o elenco. O Renato Cajá e o Wendel ainda estão fora do ideal, mas são importantes e em um momento como esse pode nos ajudar”, afirma o treinador, que enfatiza.

“A Ponte Preta precisa pontuar. Sou focado no meu trabalho, que está sendo árduo e difícil. Temos que focar nisso. Temos uma missão importante, estamos nos sentindo preparados para conseguir o resultado e é isso que temos que buscar”, ressalta o comandante, que vai na mesma linha de Lucca sobre como deve enfrentar o rival.

“O álibi para trazer um bom resultado é fazer um grande jogo. É estar preparado, focado, enfrentar o Palmeiras de igual para igual, ter concentração na hora de marcar e personalidade para jogar. Sempre que a Ponte conseguiu bons resultados foi com esse propósito”, conta Baptista, que finaliza.  “O Palmeiras é um time de muita qualidade. Tem um elenco muito forte, vem com um treinador novo e toda troca gera uma motivação. Temos que estar atentos a tudo isso”.

Quem não estiver no Pacaembu, tem como opção assistir ao jogo pelo Premiere, além de ouvir a transmissão pelo Paulínia News

Transmissão

Brasileiro Série A, 20:00h

Palmeiras X Ponte Preta

Narraçao: Carlos Corsato

Comentários: Elson Mariano

Reportagens: João Lucas

 

Placar ao Vivo: Marcelo Corsato

Clique aqui para ouvir a rádio

Guarani 1 x 1 ABC - Bugre segue sem vencer e se complica na série B (Assista os gols)

O Guarani segue em fase complicada na Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo com a estreia do técnico Lisca, o time de Campinas não conseguiu por fim à sequência de jogos sem vencer e ficou apenas no empate por 1 a 1 com o lanterna ABC, no Brinco de Ouro, em Campinas (SP), pela 30ª rodada.

A partida contou com transmissão da Rádio Futebol Interior, com narração de Carlos Corsato, comentários de Claudinei Corsi, reportagens de Washington Mello e plantão esportivo de Marcelo Corsato. O Paulínia News retransmitiu a partida.

Sem vencer há nove partidas, o time paulista segue em queda na tabela, agora com 34 pontos e ameaçado pelo rebaixamento. O ABC, com 22, é o último colocado e só se salva da degola com um milagre na reta final.

BUGRE SAI NA FRENTE, MAS SE COMPLICA

Com um time repleto de jovens recém-promovidos das categorias de base, o ABC começou a partida mostrando nervosismo e o Guarani soube explorar esse fator. Logo aos cinco minutos, o zagueiro Tonhão falhou ao tentar cortar a bola e ela sobrou para Caíque que cruzou e Richarlyson completou para gol, abrindo o placar.

A partida parecia tranquila para o time da casa, que controlava as ações, mas tudo mudou no final da primeira etapa. Aos 41 minutos, Arez cruzou e Vitor Junior completou para o gol para empatar a partida.

Apenas dois minutos mais tarde, o atacante Bruno Mendes, que já tinha cartão amarelo, deu entrada dura em Tonhão e foi expulso, deixando o Guarani com um homem a menos.

TUDO IGUAL ATÉ O FIM

A segunda etapa também foi movimentada, com as duas equipes buscando o gol, já que o empate não seria bom resultado para ninguém.

Mesmo com um dez homens em campo, o Guarani ainda criava as melhores chances e quase voltou a ficar em vantagem em cruzamento de Lenon que Richarlyson completou de cabeça, mas a bola parou na trave.

Sem conseguir mexer no placar, o jogo terminou mesmo com o placar do primeiro tempo, complicando as duas equipes na briga contra o rebaixamento.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo nesta sexta-feira, pela 31ª rodada da Série B. O Guarani recebe o Juventude em mais uma partida no Brinco de Ouro, enquanto o ABC vai ao Lacerdão, em Caruaru (PE), enfrentar o Náutico.

 

 

Sorteio: veja como ficaram os grupos do Campeonato Paulista de 2018

Federação Paulista de Futebol sorteou nesta terça-feira as chaves do torneio

Federação Paulista de Futebol (FPF) sorteou nesta terça-feira os grupos da edição de 2018 do Campeonato Paulista. O evento contou com representantes dos 16 clubes participantes. Caio Ribeiro, comentarista da TV Globo, comandou a retirada das bolinhas. Veja como ficaram as chaves:

Grupo A

Corinthians

Linense

Ituano

Bragantino

Grupo B

São Paulo

Ponte Preta

Santo André

São Caetano

Grupo C

Palmeiras

Novorizontino

São Bento

Ferroviária

Grupo D

Santos

Botafogo

Mirassol

RB Brasil

Regulamento

Na primeira fase, os times enfrentarão apenas adversários dos outros grupos, em turno único, num total de 12 partidas. Os dois melhores de cada chave avançam às quartas de final e se enfrentam entre si em dois jogos. Semifinais e finais também serão disputadas em duas partidas. Os dois times que somarem menos pontos na fase de grupos serão rebaixados.

A competição vai começar no dia 17 de janeiro. As finais estão previstas para os dias 1º e 8 de abril.

Serão distribuídos R$ 11 milhões em premiação, mesmo valor do ano passado. O campeão fatura R$ 5 milhões.

Novidade

A principal mudança no Paulistão do ano que vem será no limite de inscrições. Serão 26 atletas por equipe (três goleiros e 23 de linha) – em 2017 foram 28. Porém, os clubes poderão apresentar outra lista com número ilimitado de jogadores da base. Veja abaixo as regras específicas para esse caso:

- Idade: de 16 anos completos a nascidos até 1997

- Estar registrado pelo clube, sem empréstimos, por no mínimo 12 meses

- Ter participado de competição de base da FPF em 2017 ou antes

- Máximo de 5 atletas dessa lista podem estar em campo simultaneamente

Outra nova regra é que os cartões amarelos serão zerados ao término da primeira fase.

Sem jogar, Luis Fabiano pede para não receber salário no Vasco

Luis Fabiano ainda não sabe quando voltará a jogar, mas tem uma ideia clara na cabeça: não quer receber salário no Vasco enquanto não estiver recuperado. O jogador procurou a diretoria do Vasco nos últimos dias e reafirmou a proposta que fizera desde que foi operado. O caso ainda está sendo estudado pela cúpula cruz-maltina.

O contrato de Luis Fabiano com o Vasco é dividido: tem uma parte fixa, de cerca de R$ 150 mil, e outra por produtividade, de acordo com metas estipuladas. O jogador, de 36 anos, tem vínculo com o clube até o fim de 2018.

O Fabuloso não joga desde o dia 20 de agosto, contra o Bahia. Depois disso, passou por uma artroscopia no joelho direito. Ele vinha sendo preparado para retornar em breve, mas, na segunda-feira, ao fazer nova reavaliação da cirurgia com o doutor que o operou, Renê Abdalla, foi constatado um novo problema.

O atacante tem uma contratura miofascial na perna direita, e ficará em São Paulo para fazer um tratamento que pode levar até duas semanas. Depois disso, segundo Abdalla, ele estará liberado para a preparação física.

- A recuperação foi muito boa. O trabalho feito no Vasco foi muito bom. Mas o Luis é um atleta rodado, e vamos precisar fazer esse tratamento. Provavelmente tem no Rio, mas eu não conheço os profissionais. Por isso, em comum acordo com o atleta e o clube, ele ficará até duas semanas em São Paulo. Quando voltar vai estar liberado para a preparação física e para o treinador - disse Abdalla.

 

Complicou! Argentina empata com Peru e chega à última rodada fora até da repescagem

Em um jogo dramático em Buenos Aires, no mítico estádio La Bombonera, do Boca Juniors, a Argentina empatou com o Peru em 0 x 0, na noite desta quinta-feira, caiu para o 6º lugar nas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo, com 25 pontos e agora não depende mais apenas de si para alcançar a vaga entre os quatro primeiros colocados que se classificam para o mundial.

Faltando apenas uma rodada, mesmo vencendo o Equador na próxima terça-feira (10), os argentinos garantem apenas a repescagem para disputar uma vaga na Rússia com a Nova Zelândia, representante da Oceania. Já um empate pode até deixar o time de Messi definitivamente fora da copa, a depender dos resultados dos outros jogos.

Para chegar nas quatro vagas, a Argentina precisa vencer o Equador e torcer para um empate entre Peru e Colômbia ou por uma vitória do Brasil, seu maior rival e já classificado, contra o Chile. Se perder o jogo em Quito, estará eliminada. O Uruguai, que poderia ter se classificado se vencesse a Venezuela, apenas empatou em 0x0 e depende de um empate no jogo com a Bolívia, penúltima colocada, na rodada final.

Os resultados da 17ª rodada das eliminatórias sul-americanas foram os seguintes: Bolívia 0x0 Brasil; Venezuela 0x0 Uruguai; Colômbia 1×2 Paraguai; Argentina 0x0 Peru; Chile 2×1 Equador. Os jogos da última rodada são: Brasil x Chile; Paraguai x Venezuela; Uruguai x Bolívia; Peru x Colômbia; Equador x Argentina.

A classificação é a seguinte: 1º, Brasil, 38; 2º, Uruguai, 28; 3º, Chile, 26; 4º, Colômbia, 26; 5º, Peru, 25; 6º, Argentina, 25; 7º, Paraguai, 24; 8º, Equador, 20; 9º, Bolívia, 14; 10º, Venezuela, 9.

Pelas eliminatórias europeias, Alemanha e Inglaterra venceram nesta quinta-feira e garantiram suas vagas para a Copa da Rússia. Os resultados foram os seguintes; Irlanda no Norte 1×3 Alemanha; Inglaterra 1×0 Eslovênia; San Marino 0 x 8 Noruega; Azerbaijão 1×2 República Tcheca; Romênia 3×1 Cazaquistão; Montenegro 0x1 Dinamarca; Armênia 1×6 Polônia; Escócia 1×0 Eslováquia; Malta 1×1 Lituânia.

Londrina supera Galo nos pênaltis e fatura o título da Primeira Liga (Assista os gols)

Após empate sem gols no tempo normal, o Londrina derrotou o Atlético-MG nos pênaltis ( 4 a 2) e conquistou nesta noite o título da Copa da Primeira Liga de 2017, no Estádio do Café. O goleiro César, herói da semifinal defendendo três pênaltis contra o Cruzeiro, voltou a brilhar barrando as cobranças de Clayton e Rafael Moura. Não houve nem necessidade da quinta série de pênaltis. Tubarão é campeão invicto.

Foi um título merecido, porque o Tubarão levou a competição à sério, ao contrário do Galo Mineiro, que muitas vezes atuou com time misto e até da base. na final usou seus melhores jogadores, mas encontrou um adversário valente e que lutou pela conquista inédita.

GRANDE CAMPANHA

Líder do Grupo D da Primeira Liga, superando Paraná, Figueirense e Avaí, o Londrina passou por Fluminense, nas quartas de final, com vitória por 2 a 0, e Cruzeiro, na semifinal, com empate por 2 a 2 e vitória também nos pênaltis.

O time do interior do Paraná não levantava uma taça nacional desde 1980, quando venceu a Série B do Campeonato Brasileiro, na única conquista fora do âmbito estadual até então. A sua última grande conquista aconteceu em 2014, quando sagrou-se campeão paranaense.

NADA DE GOLS

Empurrado por mais de 15 mil torcedores que lotaram as arquibancadas, o Londrina começou com mais presença no campo ofensivo. Sem conseguir penetrar na defesa adversária, o time da casa arriscava chutes de longa distância, enquanto o Atlético também levava perigo apostando nos contra-ataques.

A principal chance antes do intervalo foi de Negueba, que girou em cima da marcação de Adilson e bateu forte, exigindo boa defesa do goleiro Victor.

A segunda etapa manteve o mesmo ritmo. Com o Londrina criando mais jogadas ofensivas, mas sem conseguir vazar a defesa atleticana. O Atlético, embora com várias estrelas, não mostrou força para balançar as redes. Sem muitos lances agudos até o apito final, a decisão ficou mesmo para a disputa de pênaltis.

TÍTULO NAS PENALIDADES

Todos os quatro batedores do time da casa converteram. Victor acertou os cantos, mas não conseguiu evitar gols de Jumar, Edson Silva, Ayrton e Dirceu.

Pelo lado do Atlético, Fábio Santos e Robinho converteram as primeiras cobranças, mas Clayton e Rafael Moura pararam nas defesas de César, herói do título.

PRÓXIMOS JOGOS

O Londrina volta a campo neste sábado, quando visita o Criciúma, no estádio Heriberto Hulse, pela 28ª rodada da Série B. O Atlético só joga na quarta-feira, dia 11 de outubro, quando recebe o São Paulo no Independência, pelo Brasileirão.

 

Ponte Preta 1 x 0 Flamengo; Macaca vence e deixa a zona de rebaixamento

Em partida com todos os elementos dignos de um jogo de Brasileirão, a Ponte Preta derrotou o Flamengo pelo placar de 1 a 0, no Moisés Lucarelli, pela 26ª rodada, e deixou a zona de rebaixamento. Naldo foi expulso na etapa complementar, enquanto Diego Alves defendeu um pênalti cobrado por Lucca.

Com o resultado, o time campineiro quebrou a série de quatro jogos sem vitórias e pulou para a 15ª colocação, com 31 pontos, um a mais do que o Sport, primeiro dentro do descenso. Já o Flamengo terminou a rodada em sétimo, com 39, e estaria indo para a pré-Libertadores, pois o Cruzeiro, dentro do G6, vai para a competição por ter vencido a Copa do Brasil.

TRUNCADO!

Engasgado com a eliminação na Copa do Brasil, o Flamengo sentiu novamente a mesma dificuldade nas criações de jogadas no primeiro tempo diante da Ponte Preta. Mesmo com um volume maior de jogo, o time carioca não conseguiu criar e viu o sistema defensivo do adversário sobressair com facilidade. A melhor oportunidade foi com Arão, que apareceu como elemento surpresa dentro da área e cabeceou pela linha de fundo.

A Ponte Preta se posicionou no contra-ataque, mas também não chegou a ameaçar o goleiro Diego Alves, fora o susto logo de cara, quando Emerson Sheik fez bela jogada pela direita e cruzou para Lucca. O atacante desviou para fora. O empate por 0 a 0 acabou traduzinho bem o que foi os 45 minutos iniciais de dois times com objetivos distintos, mas precisando muito do resultado para selar a paz com a torcida.

QUE JOGO!

No segundo tempo, o jogo ganhou em emoção. Logo no minuto inicial, Lucca cobrou falta com perfeição, mas Diego Alves tirou no ângulo. A resposta do Flamengo veio com Paquetá. A jovem promessa do Flamengo recebeu de Geuvânio, porém, foi atrapalhado por Jeferson e acabou mandando para fora.

A Ponte continuou em cima e acabou abrindo o placar aos sete minutos. Após cruzamento de Nino Paraíba, Wendel só ajeitou para Jean Patrick chutar para o fundo das redes. E o time campineiro teve a chance de ampliar logo depois. Willian Arão recuou, Lucca antecipou e foi derrubado por Réver, pênalti. O próprio camisa 9 foi para cobrança, mas parou na defesa de Diego Alves.

A partida segura da Ponte Preta se transformou em desespero nos minutos finais. Naldo, que acabara de entrar, parou Vinícius Junior com a sola e levou o cartão vermelho direto. Com um a menos, o time campineiro recuou, e o jogo virou ataque contra defesa. No entanto, a equipe de

Eduardo Baptista conseguiu se segurar para sair com três pontos importantes em termos de classificação.

Antes do apito final, porém, um último susto. Após bola alçada na área da Ponte, Rhodolfo ajeitou para Felipe Vizeu chutar para o gol.

O árbitro, no entanto, marcou impedimento do zagueiro e anulou o lance.

PRÓXIMOS JOGOS

A Ponte Preta entra em campo já no próximo sábado, às 16h, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), em partida antecipada da 28ª rodada. O Flamengo só volta a disputar um jogo de Brasileirão no dia 12 de outubro (quinta-feira), às 17h, contra o Fluminense, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 27ª rodada.

Fonte: FI

Jogadores da Ponte Preta são agredidos por torcedores ao chegarem em Campinas (Assista)

Na chegada do time ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas, Fernando Bob e Lucca são alvos de ataque de aproximadamente 30 pontepretanos. Gorilão, ônibus do clube, tem vidro quebrado

O desembarque da Ponte Preta nesta segunda-feira à tarde, em Viracopos, foi muito tumultuado. Um grupo de aproximadamente 30 torcedores apareceu no aeroporto para protestar pela má campanha do time, que entrou na zona de rebaixamento após a derrota de domingo, para a Chapecoense, fora de casa. Veja no vídeo acima uma parte da confusão!

O principal alvo dos pontepretanos presentes ao aeroporto foi Lucca. Artilheiro do time na temporada, com 21 gols, o atacante recebeu ameaças direcionadas a seus familiares, discutiu com alguns torcedores mais exaltados e teve que ser protegido por jogadores e dez seguranças da Macaca. Ele foi agredido, assim como outros integrantes da delegação, como Fernando Bob.

Em um primeiro momento, a assessoria de imprensa da Ponte confirmou a agressão a Lucca, Bob e ao gerente Gustavo Bueno. No entanto, voltou atrás a pedido dos jogadores, como forma de preservá-los, e agora não cita mais ninguém nominalmente. Muitos foram ameaçados, inclusive com citação de nomes de familiares (veja abaixo a nota divulgada pelo clube).

Alguns jogadores tentaram amenizar a situação ao conversar com a torcida, mas sem sucesso. Bob, por exemplo, chegou a ser chamado de "pipoqueiro" por um grupo. Logo depois, começou o empurra-empurra. Entre os muitos gritos, os pontepretanos falavam:

"Joga por amor ou joga por terror!".

Empurrões e xingamentos aconteceram durante todo o trajeto de cerca de 50 metros entre o portão de desembarque e o ônibus do clube. O Gorilão, por sinal, teve um dos vidros trincados por um tapa de um dos pontepretanos.

– Estou indignado, isso não pode acontecer. Futebol é alegria. Por mais que o resultado não tenha vindo, não pode fazer isso com um jogador nosso – reclamou o meia Léo Artur, em defesa aos companheiro que acabou agredido. A entrevista foi dada à Rádio Bandeirantes de Campinas.

A delegação foi direto para o 4º Distrito Policial de Campinas, no Taquaral, para registrar um boletim de ocorrência contra agressão e ameaças aos jogadores. Por lá, optaram por não conversar com a imprensa. Assustado com o protesto logo após sua primeira partida na Macaca, Eduardo Baptista demonstrou toda a irritação, também em declaração rápida à Rádio Bandeirantes.

"Minha vontade é de ir embora e não voltar mais".

Um sinal de protesto já tinha ocorrido pela manhã, quando torcedores picharam um dos portões do Moisés Lucarelli com a frase: "Se cair se prepara para apanha (sic)". Com esse clima, a Ponte tenta evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A equipe ocupa hoje a 18ª posição, com 28 pontos, e volta a campo na segunda-feira, para enfrentar o Flamengo, em Campinas.

Veja a nota oficial divulgada pela Ponte:

A Ponte Preta confirma que, neste momento (18h48), o ônibus que transporta atletas, comissão técnica e dirigentes acaba de chegar ao quarto DP onde será realizado Boletim de Ocorrência contra os indivíduos que agrediram física e verbalmente jogadores, comissão técnica e seguranças no aeroporto de Viracopos. Além do BO por agressão, também será registrada formalmente a denúncia por ameaça não só aos presentes como aos familiares deles, e por vandalismo contra o ônibus, que teve danos como vidros quebrados.

Subscribe to this RSS feed
Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.