Log in
A+ A A-

Polícia encontra nove corpos desmembrados em apartamento de Tóquio; homem foi preso

A polícia japonesa encontrou nove corpos, dois deles decapitados, em um apartamento no subúrbio sul de Tóquio. Os agentes detiveram Takahiro Shiraishi, 27 anos, em um apartamento situado em Zama, no sul da capital. Os policiais realizavam buscas por uma mulher desaparecida quando encontraram as duas cabeças em um contêiner na parte de fora da residência do suspeito.

Com a descoberta, os policiais vistoriaram o apartamento e encontraram mais sete corpos. Segundo a polícia, as vítimas eram oito mulheres e um homem e estavam em diferentes estados de decomposição.

De acordo com o canal estatal NHK, Shiraishi afirmou à polícia: "Eu os matei e fiz algumas coisas com os corpos para ocultar as provas". Ele confessou o crime e explicou que guardava os cadáveres congelados no apartamento.

A agência Jiji Press informou que Shiraishi declarou à polícia que cortou os corpos no banheiro. Em seu quarto, os agentes encontraram uma serra.

Polícia investiga suposto 'pacto'

A polícia investigava o desaparecimento de uma mulher de 23 anos, sumida há dez dias, e descobriu um vínculo entre ela e Shiraishi. O vizinho do suspeito relatou que sentia odores estranhos vindos do apartamento. O acusado havia se mudado para o local em agosto e encontrado a jovem pela internet. A mídia japonesa reporta que ela havia publicado nas redes sociais que queria se suicidar, mas tinha medo de fazê-lo sozinha.

Câmeras de segurança os flagraram juntos na segunda-feira, em estação de trem de Tóquio, mas ainda é preciso confirmar com exames se o corpo da mulher é um dos nove. A mídia internacional ressalta que a polícia japonesa investiga se o homem é um serial killer e se houve um "pacto" entre ele e a desaparecida.

 

Media

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.