Log in
A+ A A-

Ponte Preta 1 x 0 Flamengo; Macaca vence e deixa a zona de rebaixamento

Em partida com todos os elementos dignos de um jogo de Brasileirão, a Ponte Preta derrotou o Flamengo pelo placar de 1 a 0, no Moisés Lucarelli, pela 26ª rodada, e deixou a zona de rebaixamento. Naldo foi expulso na etapa complementar, enquanto Diego Alves defendeu um pênalti cobrado por Lucca.

Com o resultado, o time campineiro quebrou a série de quatro jogos sem vitórias e pulou para a 15ª colocação, com 31 pontos, um a mais do que o Sport, primeiro dentro do descenso. Já o Flamengo terminou a rodada em sétimo, com 39, e estaria indo para a pré-Libertadores, pois o Cruzeiro, dentro do G6, vai para a competição por ter vencido a Copa do Brasil.

TRUNCADO!

Engasgado com a eliminação na Copa do Brasil, o Flamengo sentiu novamente a mesma dificuldade nas criações de jogadas no primeiro tempo diante da Ponte Preta. Mesmo com um volume maior de jogo, o time carioca não conseguiu criar e viu o sistema defensivo do adversário sobressair com facilidade. A melhor oportunidade foi com Arão, que apareceu como elemento surpresa dentro da área e cabeceou pela linha de fundo.

A Ponte Preta se posicionou no contra-ataque, mas também não chegou a ameaçar o goleiro Diego Alves, fora o susto logo de cara, quando Emerson Sheik fez bela jogada pela direita e cruzou para Lucca. O atacante desviou para fora. O empate por 0 a 0 acabou traduzinho bem o que foi os 45 minutos iniciais de dois times com objetivos distintos, mas precisando muito do resultado para selar a paz com a torcida.

QUE JOGO!

No segundo tempo, o jogo ganhou em emoção. Logo no minuto inicial, Lucca cobrou falta com perfeição, mas Diego Alves tirou no ângulo. A resposta do Flamengo veio com Paquetá. A jovem promessa do Flamengo recebeu de Geuvânio, porém, foi atrapalhado por Jeferson e acabou mandando para fora.

A Ponte continuou em cima e acabou abrindo o placar aos sete minutos. Após cruzamento de Nino Paraíba, Wendel só ajeitou para Jean Patrick chutar para o fundo das redes. E o time campineiro teve a chance de ampliar logo depois. Willian Arão recuou, Lucca antecipou e foi derrubado por Réver, pênalti. O próprio camisa 9 foi para cobrança, mas parou na defesa de Diego Alves.

A partida segura da Ponte Preta se transformou em desespero nos minutos finais. Naldo, que acabara de entrar, parou Vinícius Junior com a sola e levou o cartão vermelho direto. Com um a menos, o time campineiro recuou, e o jogo virou ataque contra defesa. No entanto, a equipe de

Eduardo Baptista conseguiu se segurar para sair com três pontos importantes em termos de classificação.

Antes do apito final, porém, um último susto. Após bola alçada na área da Ponte, Rhodolfo ajeitou para Felipe Vizeu chutar para o gol.

O árbitro, no entanto, marcou impedimento do zagueiro e anulou o lance.

PRÓXIMOS JOGOS

A Ponte Preta entra em campo já no próximo sábado, às 16h, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), em partida antecipada da 28ª rodada. O Flamengo só volta a disputar um jogo de Brasileirão no dia 12 de outubro (quinta-feira), às 17h, contra o Fluminense, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 27ª rodada.

Fonte: FI

Media

Sportbook sites http://gbetting.co.uk/sport with register bonuses.