Novo Hamburgo-RS 1 x 2 Ponte Preta – De bom só a vaga e o dinheiro, porque faltou futebol

0

A Macaca deixou a desejar mais uma vez sob o comando do técnico Gilson Kleina

A Ponte Preta mais uma vez deixou a desejar no futebol apresentado, mas conseguiu a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil ao ganhar do Novo Hamburgo, por 2 a 1, no Estádio do Vale.

Em mais uma atuação sem nenhum padrão tático, a Ponte Preta avançou graças a um pênalti perdido por Alison quando o jogo estava 1 a 1 e a qualidade individual de alguns jogadores, como Roger e João Paulo.

A classificação para a segunda fase, onde vai enfrentar o Vila Nova-GO, rendeu mais de R$ 1,1 Mi aos cofres da Ponte Preta.

PRIMEIRO GOL EM 2020
Ao Novo Hamburgo resta comemorar o fato de ter feito o primeiro gol em 2020 e sonhar com dias melhores no Campeonato Gaúcho, onde se encontra na zona de rebaixamento.

MACACA NA FRENTE
A partida começou em um ritmo alucinante. Mossoró exigiu boa defesa de Ygor Vinhas antes do primeiro minuto. Aos dois, Roger recebeu de Felipe Saraiva, rolou para trás e João Paulo abriu o placar para a Ponte Preta.

Aos 11, Itaqui cobrou falta de longe e a bola passou assustando Ygor Vinhas. No contra-ataque, Bruno Rodrigues recebeu de Bruno Reis e chutou forte para a defesa do goleiro. Aos 27, Juba só não empatou porque finalizou em cima de Apodi.

Mais uma vez no contra-ataque, Felipe Saraiva invadiu a área e bateu rente a trave. Nos minutos finais, o Novo Hamburgo esboçou uma pressão, mas não conseguiu marcar o gol de empate.

SE FEZ JUSTIÇA
O recuo desnecessário da Ponte Preta custou o empate logo aos sete minutos, quando Felipe Mattioni cruzou e Alison ganhou de Apodi para cabecear no cantinho de Ygor Vinhas. A virada quase veio na sequência, mas o goleiro salvou a Macaca.

Aos 21, Danrley derrubou Mossoró dentro da área. Alison chutou rasteiro na trave, perdendo a chance da virada. A Ponte Preta não conseguia jogar e o segundo gol do Noia parecia questão de tempo.

PONTE RESPIRA
Mas, em uma falha da defesa do Novo Hamburgo, a Ponte Preta encaminhou a classificação aos 33. Diego Ivo rebateu mal, Roger ganhou na dividida dentro da área e soltou a bomba no ângulo do goleiro.

O Novo Hamburgo ficou nervoso após o gol pontepretano e viu Felipe Mattioni ser expulso após uma falta no meio-campo.