Paulínia tem um caso suspeito de coronavírus

0

A prefeitura de Paulínia confirmou a existência de um caso suspeito de coronavirus na cidade. Disse ainda que o paciente foi atendido na rede particular de saúde de Campinas.

Trata-se de um empresário de 45 anos que está com quadro de saúde estável e em isolamento domiciliar. O paciente esteve em Pequim, na China, e apresentou sintomas respiratórios.

Segundo o secretário de Saúde de Paulínia, Fábio Alves, o homem passou por atendimento em um hospital particular de Campinas em 24 de janeiro. Em seguida, foi para Paulínia, onde permanece isolado em casa.

O paciente também passou por outros exames na rede municipal de saúde, que encaminhou ao Instituto Adolfo Lutz, na capital. A expectativa é que os laudos sejam enviados a Paulínia em 15 dias, segundo o secretário.

O homem é casado e tem uma filha, mas viajou sozinho e a trabalho para a capital chinesa. Tanto a mulher quanto a criança não apresentam sintomas relacionados à doença e, por isso, estão fora de suspeita.

Veja a íntegra da nota da Prefeitura de Paulínia:
“Em relação à notícia divulgada sobre a presença de um paciente de 45 anos oriundo da China com suspeita de coronavírus em Paulínia, a Secretaria Municipal de Saúde da informa que está tomando todas as providências de caráter epidemiológico, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, além de medidas de segurança e de isolamento para tratar de forma mais adequada e eficiente a família, bem como de proteção da população.
O caso suspeito não foi atendido na rede municipal de Saúde de Paulínia, mas sim na rede privada em Campinas, sendo monitorado pelo serviço de Vigilância em Saúde de Paulínia.”