Homem é suspeito de matar irmã com ajuda do filho da vítima

0

Sandra Maria Sousa Moraes tinha 39 anos. Polícia diz que investiga caso como feminicídio; se confirmado, será o 32º crime no DF em 2019.

A Polícia Civil do Distrito Federal encontrou, nesta segunda-feira (25), o corpo de Sandra Maria Sousa Moraes, de 39 anos, no Assentamento 26 de Setembro, em Vicente Pires. De acordo com os policiais, a mulher foi estrangulada com um cabo de telefone, no último sábado (23).

O caso é investigado como feminicídio e, se confirmado, será o 32º crime do tipo no DF, em 2019. O delegado adjunto da 38ª Delegacia de Vicente Pires, Eder Charneski, afirmou que o suspeito do crime é irmão da vítima.

Segundo o delegado, um filho de Sandra ajudou a enterrar o corpo da mãe, em uma área de mata próximo ao Parque Nacional de Brasília. Charneski disse ainda que uma filha da vítima procurou a delegacia para denunciar o tio e o irmão, de 21 anos.

Os policiais foram até a casa e encontram o jovem. Ele confessou ter ajudado a enterrar o corpo da mãe em uma cova. Ele vai responder por ocultação de cadáver, segundo o delegado. O tio conseguiu fugir.