Orquestra Jovem de Paulínia e Sinfônica do Interior fazem concerto nesta sexta

0

A Orquestra Jovem de Paulínia e Sinfônica do Interior se apresentam no Theatro Municipal Paulo Gracindo nesta sexta-feira (26), a partir das 20h, com ingressos que poderão ser trocados por um quilo de alimento não perecível. No repertório serão executadas obras que foram trabalhadas durante dias de workshop e de gêneros variados, que vão do erudito ao popular, ópera, trilha sonora e música étnica.

O evento acontece após a realização do workshop de Prática Orquestral, realizado entre os dias 23 e 25 de julho, promovido pela OSJI (Orquestra Sinfônica Jovem do Interior/SP) e a Secretaria de Cultura de Paulínia. Os jovens estudantes de música de Paulínia e região foram selecionados para a Orquestra Sinfônica Jovem de Paulínia e participarão, no próximo dia 26, do concerto de estreia da orquestra com os jovens músicos da OSJI.

Composta por estudantes de 15 a 29 anos, selecionados através de audições anuais, a OSJI desenvolve uma série de concertos regulares em várias localidades. Dentre seus principais programas distinguem-se as séries: Concertos Sinfônicos, Concertos Temáticos, Concertos Didáticos, Concertos Populares, Cortina Lírica, Sinfonia do Riso e Ensaio Aberto.

A OSJI promove a profissionalização dos jovens músicos que atuam na orquestra, permitindo o primeiro acesso ao ambiente da música profissional. Os aprovados nos testes recebem bolsas de estudos e se apresentam em eventos variados durante toda a temporada. Aclamada por diversos públicos e crítica, a Orquestra vem se destacando por suas performances vibrantes e pelo repertório eclético, aliados ainda à qualidade do tratamento artístico, social e pedagógico direcionado aos estudantes de música. Isso a torna uma das mais importantes iniciativas de profissionalização artística, difusão cultural e transformação social no interior do Estado de São Paulo.

Prata da casa

Idealizada pelo Maestro Felipe Alves, com o apoio da Secretaria de Cultura de Paulínia, a exemplo da OSJI, a Sinfônica Jovem de Paulínia ainda busca promover o aperfeiçoamento e profissionalização de jovens estudantes de música de Paulínia e região. Além disso, preenche uma importante lacuna no que diz respeito à circulação de produtos culturais na cidade que é reconhecida por abrigar um dos mais importantes teatros do interior de São Paulo, mas que até então, não tinha uma orquestra residente com uma temporada anual de concertos a exemplo dos principais teatros no mundo.

Maestro Titular e Diretor Artístico

Maestro Felipe Alves é pós-graduando em regência, licenciado em Música na FNB (Faculdade Nazarena do Brasil, Campinas/SP), formado em regência pelo CDMCC (Conservatório Dramático Musical Dr. Carlos de Campos, Tatuí/SP) na classe do maestro e mestre Dario Sotelo, cursou ainda bacharelado em trompete na Unicamp na classe do professor e mestre Clóvis Beltrami e Pedagogia – Licenciatura plena pela UNIFRAN (Universidade de Franca/SP). Participou ativamente de festivais, seminários e workshops com conceituados regentes e diretores de orquestra como Neil Thomson/ING, Kirk Trevor/EUA, Dario Sotelo, Jean Reis, Roberto Farias, Mônica Giardini, entre outros. Atua com orquestras jovens desde 2010, desenvolvendo tanto projetos de formação de instrumentistas quanto de performance.

À frente da OSJI, se destaca pela elaboração de programas ecléticos visando a formação de plateias diversificadas e que proporcionam aos jovens músicos das OSJI explorar a sonoridade de um repertório sinfônico abrangente abordando ainda música popular brasileira, internacional, música para cinema, novos compositores e novas obras. É também fundador, maestro titular e diretor artístico da recém-criada Orquestra Sinfônica Jovem de Paulínia.