Operação da Polícia Civil fecha fábrica de máquinas de jogos de azar em Campinas

0

Uma operação conjunta da Polícia Civil de Rio das Pedras e Piracicaba  fechou na tarde desta quarta-feira (12) uma fábrica em Campinas que monta terminais eletrônicos e os configura como máquinas de jogos de azar. A ação ocorre também em outras cidades da região.

Segundo a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Piracicaba, que deu após à operação, o barracão com a linha de produção dos terminais eletrônicos fica no bairro Via Norte. Esses equipamentos permitem acesso à internet e também possuem configuração para atuar como caça-níquel.

No barracão também foi apreendido um caminhão e um carro. Segundo o delegado da DIG, pelo menos 200 máquinas estavam armazenadas no local.

A operação fiscalizou ainda estabelecimentos comerciais em Valinhos, Piracicaba, Campinas, Jundiaí. Em imóvel da Rua Pirajú, em Piracicaba, os policiais encontraram uma máquina caça-níquel e a perícia foi chamada.

A investigação teve início em agosto do ano passado pela delegacia de Rio das Pedras (SP). A Polícia Civil apreendeu duas máquinas semelhantes em um estabelecimento e descobriu o esquema.

Esquema eletrônico
Segundo a investigação, as máquinas podem ser configuradas remotamente, por meio de um servidor que funcionava no barracão em Campinas e também pelo celular.

Para burlar a fiscalização, os donos de comércios da região que compram os equipamentos pedem para que o administrador do servidor corte o acesso aos jogos de azar assim que os policiais chegam.

Com isso, o terminal passa a fornecer apenas acesso à internet e os jogos ilegais desaparecem momentaneamente.

Todos os materiais apreendidos serão levados para a DIG de Piracicaba.