Justiça afasta vereador e secretário de Paulínia

0

A Justiça de Paulínia determinou o afastamento do vereador Tiguila Paes (PPS) e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Elizaman Jesus Lopes, o Carioca. Como o processo corre em segredo de Justiça, os motivos do pedido de afastamento dos dois não foi informado.

Carioca foi preso no início do mês passado por suposta participação de um esquema em que obrigava empresas terceirizadas da Replan a contratar funcionários que fossem indicados por sua cooperativa. A exclusividade era seguida, inclusive de ameaças, segundo as denúncias da Polícia Civil.

Ele ficou preso por dois dias e após ter sido liberado foi reconduzido ao cargo pelo prefeito de Paulínia, Antônio Miguel Ferrari , o Loira (DC).

O que se comenta no meio político de Paulínia é que Carioca foi indicado por Tiguila para ocupar o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico. Tiguila não respondeu à blogueira sobre o pedido de afastamento, mas em entrevistas anteriores sempre negou qualquer irregularidade e disse que o objetivo era preservar o emprego aos moradores de Paulínia.

Outro lado

Em nota, a Câmara de Vereadores de Paulínia confirmou que foi notificada da decisão que suspende o mandato de Tiguila ontem à tarde. da Justiça Informou ainda que está tomando todas as providências para o cumprimento da determinação judicial.

A Prefeitura de Paulínia, por sua vez, informou por meio da assessoria de imprensa que o prefeito “aguarda os desdobramentos das apurações. Não é alvo de nenhuma acusação e vai acatar as decisões judiciais.”

Fonte: Blog da Rose